Imagem capa - 5 Truques para acalmar seu recém-nascido  por Mayara Barbosa Fotografia
Truques e Dicas

5 Truques para acalmar seu recém-nascido

Olá, meus amores! Como vocês estão?

Como vocês já devem ter percebido, o Estúdio está de cara nova e cheio de novidades. E quer saber? Nós estamos amando cada detalhe dessa nova fase que ainda estamos construindo. E o melhor de tudo: estamos construindo com vocês ao nosso lado. Tem como ser mais especial?!

Mas então vamos lá. Quando decidimos fotografar recém-nascidos, o primeiro passo (e sem dúvida o mais importante) foi estudar MUITO sobre esses pequerruchos, desde informações técnicas, ligadas diretamente à fotografia, como luz ideal, props, roupinhas, ângulos e equipamentos, até informações essenciais sobre a saúde, segurança e conforto do bebê. Cuidados com a higiene, climatização, posicionamento, fases do sono, mamadas e por aí vai... Parece bastante, não é? Mas não se enganem, pois nosso estudo continua diariamente e está longe de acabar. 

Foi graças a essas informações todas e também à nossa experiência no dia a dia dentro do Estúdio que fomos capazes de aprender alguns pequenos (mas muito úteis) truques para acalmar os recém-nascidos e fazê-los dormir durante as sessões, e hoje gostaríamos de compartilhar 5 desses truques com vocês, mamães, papais e colegas de profissão. Vem com a gente!


1 - Wrap/casulinho/charutinho

Cada um tem um jeitinho especial de chamar esses pacotinhos, não é? Bom, nós os chamamos carinhosamente de "Operação de Guerra". Isso porque normalmente utilizamos esse recurso com bebês mais agitados e sensíveis ao toque. O wrap (do inglês "wrapping") consiste em enrolar o bebê num tecido macio e com elasticidade com a finalidade de conter seus membros (mãozinhas e pezinhos), diminuindo dessa forma o "Reflexo de Mouro" (para quem não está familiarizado com o termo, deixa nos comentários que podemos fazer um post sobre os principais reflexos dos recém-nascidos). O wrap proporciona ao bebê a impressão de estar novamente dentro do útero, o que normalmente o ajudar a relaxar. 


2- Som do Útero/Ruído Branco

Esse truque já é bem conhecido, e algumas de vocês já devem ter os aplicativos no celular. O ruído branco nada mais é que o som da circulação sanguínea da mamãe que o bebê ouve durante toda a gestação. Por mais que os aplicativos sejam eficazes, o bom e velho SHHHHHhhh SHHHHhhh feito pela própria mamãe ainda funciona mais rápido. Para quando o fôlego faltar, indico o aplicativo Baby Shusher (que se eu não me engano é pago) e o Sleep Baby Sleep, que é gratuito e, inclusive, é o que utilizamos no Estúdio. 


3- Movimento Vertical

Aqui vai uma dica de ouro. Toda mamãe, papai, titia, avó ou quem quer que pegue um bebê no colo instantaneamente começa a balançar de um lado para o outro, não é? Tudo bem, isso é automático e instintivo, MAS... o ideal é que esse movimento seja feito de baixo para cima, como se você estivesse sentada numa bola de pilates (aliás, ter uma dessas em casa é uma "mão na roda"). O movimento vertical simula a caminhada da mamãe e como o bebê se sentia nesse momento. O embalar lateral não é inútil, e no mínimo é um dengo a mais, mas o movimento vertical tem um resultado mais rápido.


4- Chupeta

Esse assunto é um pouco polêmico, então desde já deixamos claro que a escolha de introduzir ou não a chupeta deve ser uma escolha dos pais, devidamente orientada pelo pediatra do bebê, e que respeitamos qualquer que seja essa escolha, ok? Agora, caso você não veja problema em apresentar a chupeta ao bebê, mas seu bebê não aceitou a mesma, aqui vai uma regrinha: encoste o bico da chupeta no céu da boca do bebê, devagar e com calma, e deixe que ele termine de abocanhá-la. Dessa forma você estará imitando o comportamento do peito durante a amamentação. O erro mais comum que vemos com pais, principalmente de primeira viagem, é o de encostar o bico da chupeta na língua do bebê, o que faz com que ele tenha ânsia e rejeite a chupeta. Vale lembrar que é importante escolher a chupeta do tamanho e modelo próprios para recém-nascidos e que, por mais que essa dica resolva quase sempre, cada bebê é único, e pode ser que ele realmente não aceite. Mas se der tudo certo, vai ajudar bastante a suprir o reflexo de sucção do recém-nascido, dando um descanso para as mamães, especialmente as que estão com dificuldades para amamentar.


5- ACALME-SE

Essa é a dica mais valiosa, mas também a mais difícil. Sabemos que os primeiros dias são desgastantes, sem sono, com dores, cansaço, visitas, casa bagunçada, hormônios malucos, dor para amamentar, medos, inseguranças, palpites e outras milhões de emoções que vão de brinde da maternidade para casa. Mas aquiete o coração, mamãe. Vai dar tudo certo. Já já isso tudo acalma, as coisas vão voltando aos eixos, as dores vão passando e aos pouquinho você vai conhecendo o seu bebê. Lembre-se de que ele estava quietinho dentro de você, não sentia fome, dor, frio ou qualquer desconforto, e agora ele está num mundo enorme, brilhante e barulhento. Ele vai chorar. Nem sempre vai ter um motivo. Ele é um bebê. Ele vai chorar. E você vai querer chorar junto, e muitas vezes vai chorar mesmo. Não tem problema. Vai passar, acredite. Mas se você conseguir, respire fundo, aquiete o coração e tente manter a calma. Os bebês são capazes de sentir o ambiente no qual eles estão, e a ansiedade, a hostilidade e o desespero vão fazer com que ele demore mais para relaxar. Sabemos o quanto é difícil, mas manter a calma vai te ajudar muito a acalmar seu filho!


Bom, meus amores, por hoje é só. O que vocês acharam? Comentem aqui se essas dicas ajudaram, se as informações foram úteis e deixem suas dúvidas e sugestões para os próximos posts. 

Um beijo enorme e cheio de carinho da Família Pelota.